Sharon se diz pronto para negociar com a Síria

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, se declarou pronto para retomar as negociações de paz com a Síria, sem impor pré-condições. Entrevistado pela TV israelense, ele disse que havia descartado uma retomada das conversações oferecida pelo presidente sírio, Bashar Assad, por considerá-la apenas um truque do governo sírio para aliviar a pressão exercida pelo governo dos EUA sobre o país na questão do Iraque. No entanto, Sharon agora afirmou estar pronto para negociar, desde que a Síria não imponha pré-condições.A Síria vem afirmando que novas conversações devem partir do ponto onde as negociações prévias pararam. A rodada anterior de contatos entre os dois países foi interrompida quando um acordo sobre a devolução das Colinas de Golan à Síria parecia próximo. Israel capturou as colinas, um terreno estratégico, durante a guerra de 1967. O governo sírio exigiu, além disso, acesso ao Mar da Galiléia, e a questão não pôde ser resolvida.Sharon disse que os dois lados devem desistir de impor termos às negociações. ?Vamos trazer nossas reivindicações, eles terão as reivindicações deles, e discutiremos?, disse ele, recusando-se a adiantar se estaria disposto a ceder as Colinas de Golan, ao todo ou em parte. ?Acho que é um erro dizer o que faremos, antes de negociar?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.