Sharon torna a chamar Arafat de ?terrorista?

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, voltou a chamar o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Yasser Arafar, de "terrorista"."O presidente Arafat conduz o terrorismo, sua estratégia é uma estratégia de terror", disse Sharon em entrevista à TV norte-americana CNN."Arafat é um terrorista. Nós temos que entender isso. Ele é um terrorista que abriga organizações terroristas, mas eu espero que chegue o dia em que possamos conduzir negociações de paz com o povo palestino", acrescentou o primeiro-ministro.Ele fez essas declarações três dias depois de Arafat declarar uma trégua unilateral nos confrontos entre palestinos e Israel. Sharon havia reagido na quarta-feira com uma suspensão das iniciativas militares de Israel contra os palestinos.Nesta sexta-feira, porém, uma mulher israelense foi morta a tiros em Belém, na Cisjordânia. A polícia da Autoridade Palestina prendeu dois suspeitos palestinos e repassou seus nomes para as autoridades israelenses, mas um palestino acabou sendo morto por militares de Israel em outro incidente.É a primeira vez neste ano que a ANP prende palestinos suspeitos de ataque a israelenses. Na semana passada, Sharon havia vetado uma reunião do ministro das Relações Exteriores de Israel, Shimon Peres, com Arafat.Sob pressão dos EUA, que querem estabilizar a situação na região, o governo israelense voltou atrás e declarou que um encontro entre Peres e Arafat poderá acontecer se houver um período de 48 horas sem violência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.