Shell retira funcionários de campos do norte do Golfo

O conglomerado petrolífero Royal Dutch/Shell retirou 260 empregados iranianos e estrangeiros dos campos de Sorush e Noruz, no norte do Golfo Pérsico, diante do risco de uma guerra contra o Iraque. "Os iranianos foram repatriados e os estrangeiros seguiram para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos", disse o porta-voz da empresa, Ali Kalali. Ele anunciou que as operações nos locais evacuados serão retomadas quando forem restabelecidas as condições de segurança.Veja o especial:

Agencia Estado,

19 de março de 2003 | 09h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.