Shimon Peres pede retomada de negociações de paz

O presidente de Israel, Shimon Peres, pediu neste domingo que líderes israelenses e palestinos superem as diferenças e retomem as negociações de paz, com o argumento de que ambos os lados "não podem perder esta oportunidade".

Agência Estado

26 Maio 2013 | 12h48

Peres fez o apelo antes de uma cúpula de autoridades do Oriente Médio e às margens de uma reunião do Fórum Econômico Mundial, na Jordânia.

A conferência de hoje prevê um raro encontro pessoal de líderes israelenses e palestinos, com a participação do secretário de Estado dos EUA, John Kerry, que dedicou muito dos últimos dois meses para a retomada das conversas há muito paralisadas.

"Não podemos perder a oportunidade porque ela será substituída por uma grande decepção", disse Peres a repórteres na Jordânia.

O diálogo entre Israel e a Autoridade Palestina foi interrompido há quase cinco anos, em grande parte por causa de discordâncias em relação à construção de assentamentos de colonos israelenses em territórios reivindicados pelos palestinos.

Os palestinos argumentam que não há sentido em retomar as negociações enquanto Israel continuar expandindo assentamentos na Cisjordânia e Jerusalém Oriental, o que, segundo eles, mina seus esforços de estabelecer um estado independente. Os palestinos querem que ambas as áreas, capturadas por Israel em 1967, façam parte de um futuro estado palestino. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
IsraelPalestinapaz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.