Show privado na Rússia

Putin, o discreto fã da banda Abba

, O Estadao de S.Paulo

07 de fevereiro de 2009 | 00h00

A banda Bjorn Again Abba, da Grã-Bretanha informou ontem ter sido contratada para um show particular para o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin. Segundo uma fonte da banda cover do grupo sueco Abba, de quatro membros, ela tocou no dia 22 num local às margens do Lago Valdai, a 320 quilômetros de Moscou, para um exclusivo público de oito pessoas: Putin, uma mulher loira não identificada e outros seis homens. O porta-voz de Putin desmentiu que o primeiro-ministro tivesse assistido a esse concerto. "Sem dúvida, ele deve gostar de algumas músicas do Abba", comentou Dmitri Peskov. "Mas ele nem sequer estava lá."Entretanto, os membros da banda deram inúmeros detalhes e asseguram que Putin estava entre o público. O Abba era um dos grupos estrangeiros mais apreciados no tempo da URSS, e o grupo sueco chegou a se apresentar em Moscou, no Kremlin. Mas as revelações de que Putin seria fã do Abba contrariam a sua tradicional imagem de sisudez. Ele é mais conhecido pelas várias exibições de judô e em cockpits de caças, e ainda por suas violentas explosões verbais. Rod Stephen, fundador da banda cover, disse ter pensado inicialmente que se tratasse de uma brincadeira quando recebeu um telefonema pedindo que a banda tocasse na Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.