Siamesas guatemaltecas deixam EUA para voltar a seu país

As gêmeas siamesas guatemaltecas unidas pelo crânio receberam alta nesta segunda-feira e iniciaram a viagem de volta para casa, cinco meses depois de serem separadas numa complicada cirurgia.María Teresa Quiej Alvarez, sua irmã María de Jesús e seus pais participaram de uma festa de despedida no Hospital Infantil Mattel, na Universidade da Califórnia, em Los Angeles.A família deverá iniciar embarcar ainda hoje em um vôo de cinco horas até a Cidade da Guatemala.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.