Sibneft congela fusão com Yukos

A gigante petrolífera russa Yukos e a Sibneft, sua concorrente de menor porte, decidiram suspender o processo de fusão das companhias, de acordo com informações de um comunicado distribuído pela Sibneft, que foram confirmadas pelo porta-voz da Yukos. No entanto, não estava claro se o processo foi cancelado indefinidamente. A decisão foi anunciada após encontro de acionistas, que tinha como pauta a votação do nome da companhia unificada e de seu novo conselho de diretores. O inesperado anúncio ocorreu em meio a uma investigação legal envolvendo a Yukos. A investigação levou à prisão de Platon Lebedev, um dos maiores acionistas da Yukos, em 2 de julho e culminou com a detenção do CEO da companhia, Mikhail Khodorkovsky, em 25 de outubro, acusado de fraude e evasão fiscal. As ações da Yukos caíam 6%, na Bolsa de Moscou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.