Sinalizadores da Suécia viram arma na Síria

Insurgentes sírios estão adaptando sinalizadores de trânsito fabricados na Suécia em armas contra o regime de Bashar Assad. A descoberta foi feita pelo jornalista veterano Robert Fisk. Os bastões que sopram uma chama rosa por 20 minutos, usados para evitar colisões na Europa, são transformados em uma espécie de coquetel molotov na Síria.

O Estado de S.Paulo

08 de novembro de 2012 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.