Sindicato do Reino Unido busca resgate para montadoras

O líder de um sindicato trabalhista britânico disse neste domingo que o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, precisa concordar com um plano de resgate para salvar empregos na indústria automotiva do país.O secretário-geral do sindicato Unite, Tony Woodlye, disse ao jornal Sky News, que Brown deveria injetar dinheiro na indústria, da mesma forma que o governo fez com o setor britânico.O secretário de Negócios, Peter Mandelson, tem mantido reuniões com montadoras no Reino Unido, mas ainda não ofereceu nenhum grande apoio financeiro à indústria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.