Sindicato impede venda de jornais

Militantes do sindicato de jornaleiros da Argentina bloquearam ontem a saída de exemplares dos jornais "Clarín", "La Nación" e "Perfil" de suas gráficas para exigir um aumento na comissão cobrada pela venda dos periódicos. O setor também paralisou a distribuição dos outros jornais portenhos. Os manifestantes disseram que o protesto não tem fundo político. Em 2009 e 2010, bloqueios foram realizados em conjunto com o sindicato dos caminhoneiros para intimidar jornais críticos ao governo. / A.P.

O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2012 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.