Sindicatos organizam atos contra o governo

Passeatas a favor e contra o governo de Evo Morales vêm paralisando várias cidades bolivianas. As manifestações, convocadas pela central sindical nacional para exigir melhores salários e protestar contra uma prolongada greve de médicos, começaram na quarta-feira. Está marcada para hoje uma greve nacional dos transportes. Evo tem se distanciado de alguns dos movimentos sociais que o apoiam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.