Alejandro Ernesto/Arquivo/Efe
Alejandro Ernesto/Arquivo/Efe

SIP condena prisão da blogueira cubana Yoani Sánchez

Comitê para a Proteção dos Jornalistas também se manifestou contra a prisão, ocorrida ontem em Bayamo

estadão.com.br,

05 de outubro de 2012 | 16h53

MIAMI, EUA - A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, na sigla em espanhol) condenou nesta sexta-feira, 5, a detenção da blogueira cubana Yoani Sánchez, e pediu às autoridades da ilha a "imediata libertação" dela – assim como a de seu marido, Reinaldo Escobar, e do dissidente Agustín Díaz, que também foram presos com a jornalista independente, em Bayamo, por volta das 18 horas de ontem.

 

Veja também:

linkPrisão de Yoani Sánchez repercute nas redes sociais

linkBlogueira e jornalista independente é presa em Cuba

linkEspanhol envolvido em acidente é julgado

 

Correspondente do jornal El País em Cuba, Yoani pretendia cobrir o julgamento do espanhol Ángel Carromero, que responde pelo homicídio culposo (sem intenção) dos dissidentes Oswaldo Payá e Harold Cepero, mortos em 22 de julho, quando o carro conduzido pelo estrangeiro bateu contra uma árvore.

 

"Se as autoridades cubanas pretendiam diminuir a cobertura internacional do julgamento freando os esperados e seguidos escritos de Yoani, conseguiram justamente o contrário com essa prisão arbitrária e de óbvio conteúdo político", afirmou Gustavo Mohme, presidente da comissão de liberdade de imprensa e informação da SIP.

 

O Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ) também se manifestou contra a prisão. "Essa detenção indica claramente que o governo cubano continua sua prática de castigar o jornalismo independente", afirmou Carlos Lauría, coordenador para as Américas do CPJ.

 

"As autoridades devem revelar imediatamente todos os detalhes de todas as detenções em Bayamo e acusá-los de ofensas criminais reconhecidas internacionalmente ou libertá-los. As restrições sem sentido de Cuba em relação à liberdade de expressão e mídia independente têm de chegar ao fim", disse Javier Zúñiga em nome da Anistia Internacional.

 

Com Efe

Tudo o que sabemos sobre:
CubaYoani Sánchez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.