Síria ameaça retaliar Israel em caso de novo ataque

O ministro de relações exteriores da Síria disse que se Israel atacar o território do país novamente, o governo terá que realizar ?a vontade do povo?. A declaração é uma aparente ameaça de retaliação pelo bombardeio que Israel lançou contra um suposto campo de treinamento de terroristas perto de Damasco em 5 de outubro. ?Temos muitas cartas que ainda não jogamos. Não se esqueça que há muitos assentamentos israelenses no Golan?, disse o ministro sírio Farouk al-Sharaa em entrevista ao jornal inglês Sunday Telegraph. Ele se referia ao monte Golan. "Não estou exagerando?, disse al-Sharaa, ?estou descrevendo as coisas como elas podem acontecer?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.