NARCISO CONTRERAS/AP
NARCISO CONTRERAS/AP

Síria anuncia 4 dias de trégua a partir de amanhã

O cessar-fogo ocorre durante o feriado islâmico do Eid al-Adha

Agência Estado

25 de outubro de 2012 | 13h48

DAMASCO - O exército da Síria anunciou nesta quinta-feira que iniciará amanhã um período de quatro dias de trégua em respeito ao feriado islâmico do Eid al-Adha.

Veja também:

linkSíria aceita trégua durante feriado, diz Brahimi

linkNúmero de refugiados sírios supera 355 mil

linkAssad decreta anistia que não inclui rebeldes

Em um anúncio lido hoje na televisão estatal síria, o exército ressalvou que responderá se for atacado por rebeldes, assim como tentará impedi-los de reforçar posições e transportar suprimentos.

O período de quatro dias de trégua foi proposto pelo enviado internacional de paz Lakhdar Brahimi. Ele acredita que o cessar-fogo pode levar posteriormente a uma trégua mais longa e a negociações políticas entre governo e opositores armados. Apesar disso, grupos rebeldes rejeitam o cessar-fogo, sob a alegação de que não confiam nas promessas do governo do presidente Bashar Assad.

Estima-se que a guerra civil na Síria, iniciada em março do ano passado, já tenha resultado na morte de mais de 35.000 pessoas até agora. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.