Síria bombardeia áreas controladas por rebeldes

Aviões de guerra da Síria bombardearam Damasco nesta quarta-feira, além de áreas controladas por rebeldes no norte do país, enquanto o governo sírio criticava a União Europeia (UE) pelo apoio à nova coalizão formada por grupos opositores ao governo de Bashar Assad.

AE, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 12h57

Segundo dois grupos ativistas, os ataques atingiram diversos subúrbios ao leste da capital síria e a cidade estratégica de Maaret Al-Numan, rota comercial que liga Damasco a Alepo.

A agência de notícias do governo, Sana, informou que o exército continua na busca por "terroristas" - um termo do governo usado para descrever os rebeldes - no subúrbio de Arbeen.

O conflito na Síria eclodiu em março de 2011, com protestos contra o regime de Assad inspirados por outras revoltas da Primavera Árabe. A crise se desenvolveu para uma guerra civil, que já matou cerca de 40 mil pessoas nos 20 meses de confrontos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriabombardeios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.