Atef Safadi/Efe
Atef Safadi/Efe

Síria dá aval a ataque do Hezbollah a Israel, diz jornal

Jornal londrino diz que Irã convenceu Assad a permitir ações contra o Golan

O Estado de S. Paulo,

15 de maio de 2013 | 10h34

O governo sírio deu aval a um ataque do grupo xiita libanês Hezbollah contra as Colinas do Golan, território sob ocupação israelense. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 15, pelo jornal londrino Al-Hayat, publicado em árabe, citando fontes iranianas.

Um ataque do Hezbollah a forças israelenses levaria a uma perigosa escalada regional. Há duas semanas, caças de Israel bombardearam na Síria supostos carregamentos de mísseis que seriam entregues à facção xiita libanesa. Dias depois, o líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, foi à TV anunciar que o regime de Damasco transferirá armamento sofisticado à milícia libanesa. Nasrallah também confirmou que sua organização está em luta no território sírio contra rebeldes que tentam derrubar Assad.

Ainda de acordo com o Al-Hayat, o Irã teria convencido a Síria a permitir que o Hezbollah ataque posições israelenses. Tel-Aviv até agora não se pronunciou sobre a reportagem.

Israel e o Hezbollah travaram uma breve guerra em 2006. Desde então, o grupo xiita ampliou seus arsenais de mísseis, capazes de atingir as maiores cidades de Israel. Desde o início da guerra civil na Síria, o Hezbollah vem enviando forças para impedir a queda do regime de Assad. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
HezbollahSíriaIsraelBashar AssadIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.