Síria deve ser foco da 1ª reunião de Xi Jinping com UE

O conflito na Síria, direitos humanos e uma série de questões de comércio e desenvolvimento estão na agenda da primeira reunião da União Europeia com a nova liderança da China nesta quinta-feira. É a 16ª vez que o bloco europeu e a China se encontram, mas este será o primeiro evento desde que assumiram, em março, o primeiro-ministro chinês Li Keqiang e o presidente Xi Jinping

Agência Estado

20 de novembro de 2013 | 14h50

O presidente da UE Herman Van Rompuy e da Comissão Europeia Jose Manuel

Barroso vão comandar a delegação nas conversas com os chineses, liderados por Li. Em nota, a União Europeia afirmou que o conflito na Síria seria incluído nas conversas como forma de cooperação de segurança entre as principais economias do mundo.

A China, que recentemente conquistou um assento no Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, vem sendo criticada por apoiar o governo sírio e por seu próprio histórico em questões humanitárias. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
SíriaUnião EuropeiaChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.