Síria diz estar pronta para de negociações de paz

Moscou, 27/12/2014 - A imprensa estatal da Síria disse que o governo do presidente Bashar al-Assad está preparado para participar de negociações de paz que devem ser promovidas pela Rússia no próximo mês. Segundo uma fonte de Ministério de Relações Exteriores, o governo "está preparado para participar de reuniões preparatórios, de consultoria em Moscou, que devem atender às aspirações dos sírios de encontrar uma saída para a crise".

Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2014 | 12h45

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse nesta quinta-feira que esperava realizar negociações de paz após 20 de janeiro de 2015 entre o governo Assad e representantes da oposição. A Síria vive seu quarto ano de guerra civil, que já deixou mais de 200 mil mortos e desalojou um terço da população do país. O conflito também abriu espaço para o surgimento do grupo terrorista Estado Islâmico, que agora domina boa parte do território da Síria e do vizinho Iraque.

A Rússia é o principal aliado de Assad e não está claro se algum dos grupos de oposição vai concordar em participar das negociações de paz em Moscou. Segundo o governo sírio informou na imprensa estatal neste sábado, os encontros na capital russa serviriam apenas para preparar o caminho para reuniões a serem realizadas na própria Síria. "Essas reuniões visam um acordo sobre a realização de uma conferência de diálogo entre os próprios sírios, sem nenhuma intervenção externa", disse a fonte do Ministério de Relações Exteriores.

Os principais grupos de oposição da Síria apoiados pelo Ocidente têm dito que qualquer negociação de paz precisa incluir a formação de um governo de transição com poderes plenos, uma exigência rejeitada por Assad. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
SíriaconflitoMoscou

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.