Síria diz que Obama está 'hesitante e confuso'

O vice-ministro de Relações Exteriores da Síria, Faisal Muqdad, criticou neste domingo a decisão do presidente norte-americano Barack Obama de pedir autorização ao Congresso para usar força militar contra a Síria. "O presidente Obama estava claramente hesitante, desapontado e confuso quando falou ontem", declarou a repórteres em Damasco.

AE-DJ, Agência Estado

01 Setembro 2013 | 10h21

A afirmação foi a primeira reação da Síria após o anúncio de Obama sobre um ataque militar ao país. Obama afirmou no sábado que os Estados Unidos devem promover ações militares limitadas contra a Síria, após o suposto uso de armas químicas pelo regime do presidente Bashar al-Assad.

O americano disse que vai pedir autorização para essa ação ao Congresso e que já conversou com os principais líderes do Legislativo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
SíriaBarack Obamaconflito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.