Síria está 'quebrando diante dos olhos de todos', diz enviado

O enviado internacional conjunto da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, disse ao Conselho de Segurança nesta terça-feira que o presidente sírio, Bashar al-Assad, pode ser capaz de se agarrar ao poder no momento, mas que o país está "se quebrando diante dos olhos de todos", disseram diplomatas à Reuters.

Reuters

29 de janeiro de 2013 | 19h09

"A legitimidade do regime sírio tem sido seriamente, provavelmente irremediavelmente, danificada", disse Brahimi ao Conselho formado por 15 países durante reunião a portas fechadas, de acordo com diplomatas presentes no encontro.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUENVIADOSIRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.