Síria garante à Rússia que não usará armas químicas

A Rússia dispõe de garantias de que o governo sírio não usará nem deslocará seus estoques de armas químicas, afirmou nesta quinta-feira o vice-chanceler russo, Gennady Gatilov.

AE, Agência Estado

23 de agosto de 2012 | 13h05

Em entrevista concedida à Associated Press, o vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia disse que Moscou mantém contato com o governo da Síria para garantir que o arsenal de armas químicas do país continue seguro e não caia nas mãos de extremistas.

No início da semana, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu que seu governo interviria na guerra civil síria caso o governo usasse ou deslocasse suas armas de destruição em massa.

Gatilov afirmou que a Rússia, um dos principais aliados externos de Damasco, está de acordo com os EUA no que diz respeito a impedir que as armas químicas sírias sejam usadas no conflito. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriadiplomaciaarmas químicas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.