Síria nega acusação de uso de armas químicas

As acusações feitas por Estados Unidos e Reino Unido de que o governo sírio pode ter usado armas químicas são uma "mentira descarada", disse o ministro de Informação da Síria, Omran al-Zohbi, em entrevista à televisão russa neste sábado.

Agência Estado

27 de abril de 2013 | 10h57

"Primeiro de tudo, eu quero confirmar que as declarações do Secretário de Estado norte-americano e do governo britânico são inconsistentes com a realidade e uma mentira descarada", afirmou Zohbi, em entrevista publicada no site da estatal russa RT.

"Quero enfatizar mais uma vez que a Síria jamais usou isso - não só por causa da sua adesão às lei internacionais e às regras de conduta de guerra, mas devido a questões humanitárias e morais", disse Zohbi, em comentários que foram publicados em inglês no site. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.