Síria nega produção de armas atômicas

O presidente da Síria, Bashar Assad, negou ontem que a usina destruída por Israel em setembro de 2007 estivesse produzindo armas nucleares. A declaração, dada ao jornal Al-Watan, do Qatar, rebate as informações de um relatório divulgado pelo governo dos EUA de que a Síria havia construído um reator nuclear com ajuda da Coréia do Norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.