Síria permite lista de 15 empresas em 1ª Bolsa do país

O governo da Síria vai autorizar cerca de 15 empresas a abrirem capital no primeiro mercado acionário do país este ano, informou hoje a agência oficial síria SANA. Juntas, estas empresas lançarão ações no valor de US$ 603 milhões.A estreia da Bolsa de Valores de Damasco (DSE, na sigla em inglês) está prevista para a próxima terça-feira. A princípio, a DSE abrirá apenas às segundas e quintas-feiras, segundo a SANA. A DSE, por enquanto, deu aprovação final à listagem de quatro empresas. Outras seis empresas receberam autorização preliminar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.