Síria promete cumprir resolução da ONU

O presidente da Síria, Bashar Assad, disse que seu governo vai respeitar a resolução da Organização das Nações Unidas (ONU) na semana passada, que pede que o programa de armas químicas do país seja desmantelado e destruído.

Agência Estado

29 Setembro 2013 | 12h53

Assad disse em uma entrevista ao canal de TV italiano RAI News 24 "é claro que nós vamos cumprir (a resolução) e a história prova que nós sempre cumprimos todos os tratados que assinamos". Os comentários de Assad para o canal italiano foram publicados pela agência de notícias Sana.

O presidente sírio disse também que deseja discutir uma solução política para a crise síria, mas que não conversará com rebeldes armados até que eles entreguem suas armas.

A ONU aprovou uma resolução na sexta-feira ordenando a destruição das armas químicas da Síria e condenando um devastador ataque perto de Damasco. A Resolução 2118, resultado das negociações tumultuadas entre os EUA e a Rússia, dá força vinculativa a um plano elaborado pelos dois países para eliminar armas químicas de Assad. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
SíriaResoluçãoONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.