Síria rejeita declarar cessar-fogo unilateral

O governo da Síria rejeitou nesta quarta-feira um pedido do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, para que o país declare um cessar-fogo unilateral. Damasco insiste que os grupos armados que combatem as forças governamentais cessem as hostilidades primeiros.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2012 | 11h37

"Nós dissemos a Ban Ki-moon que envie emissários aos países que têm influência sobre os grupos armados, assim eles poderão acabar com a violência", declarou Jihad Maqdisi, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Síria. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaONUcessar-fogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.