Síria repele ação de 'terroristas' na fronteira turca

O governo da Síria disse que impediu a invasão de 35 "terroristas armados" que tentaram entra no país através da Turquia, informou a agência estatal de notícias Sana nesta terça-feira. Segundo a Sana, vários dos agressores repelidos foram feridos na ação e escaparam de volta para a Turquia. O chefe dos desertores sírios está refugiado na Turquia, onde organiza seus soldados. Acredita-se que o grupo faça o contrabando de armas para desertores que combatem o governo de Bashar Assad na Síria.

AE, Agência Estado

06 de dezembro de 2011 | 14h12

"Guardas da fronteira evitaram uma tentativa de infiltração de grupos de terroristas vindos da Turquia" na região de Ayn Bayda, na província de Idlib, no noroeste sírio, disse a Sana.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.