Síria tenta impedir crise no Líbano

O presidente da Síria, Bashar Assad, e o rei Abdullah, da Arábia Saudita, visitaram Beirute para tentar conter uma nova crise no Líbano. Segundo foi antecipado por autoridades, o Tribunal Especial da ONU deve acusar integrantes do Hezbollah pelo atentado que matou o ex-premiê libanês, Rafik Hariri, em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.