Sírio tenta atingir premier turco com sapato na Espanha

A polícia espanhola informou ter detido um cidadão sírio que tentou atingir o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan com um sapato. O fato aconteceu na noite de ontem, quando Erdogan deixou a prefeitura da cidade espanhola de Sevilha, no sul do país, após ter recebido um prêmio. O sapato voou sobre a cabeça dele no momento em que estava para entrar no carro com sua mulher.

AE-AP, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2010 | 13h51

A rádio espanhola Cadena SER apresentou uma gravação na qual um homem grita em espanhol, antes de ser detido, "vida longa ao Curdistão". A Turquia combate os rebeldes turcos desde 1984. Uma porta-voz da polícia disse hoje que o homem de 26 anos estava morando ilegalmente no país e que tem passaporte sírio.

A tentativa de um jornalista iraquiano de atingir, em 2008, o então presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, com seus sapatos, na cidade de Bagdá, tem sido copiada em várias partes do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhasapatadasíriopremier turco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.