Reprodução
Reprodução

Site russo recruta voluntários para combater na Síria

Página dobrovolec.org foi criada em 2014 originalmente para recrutar combatentes para o conflito no leste da Ucrânia, mas ampliou recentemente seu foco de atuação

O Estado de S. Paulo

30 Setembro 2015 | 12h02

MOSCOU - Homem maior de 23 anos, sem problemas com a lei, drogas ou álcool, é o perfil dos voluntários recrutados por um site russo para lutar na Síria com o objetivo de "impedir o estabelecimento de um regime dos Estados Unidos ou extremista religioso" no país árabe.

"Russos na Síria. A pólvora faz história", é o título do site Dobrovolec.org (Voluntário), um movimento criado em 2014 originalmente para recrutar combatentes para lutar com as milícias separatistas pró-russas no leste da Ucrânia, segundo diz a própria página no parágrafo sobre sua origem.

Entre as condições para se alistar como voluntário na Síria estão: "ser homem de mais de 23 anos, não ter problemas com a lei e nem antecedentes criminais, estar em forma fisicamente e psiquicamente, e não ter problemas com álcool ou drogas".

"Se você não cumpre com algum dos requisitos, embora seja somente um, não se incomode em se inscrever. Não há exceções", adverte o site aos possíveis candidatos.

A página inclui um formulário e esclarece que "o contrato mínimo é de meio ano" e existe "um sistema de ordens de pagamento".

Preencher a solicitação de forma errada, com falhas gramaticais, ou não ser capaz de argumentar os motivos para viajar à Síria, também são itens de exclusão.

"A heroica paixão russa junto com suas ambições de justiça são a única barreira para o avanço do malvado imperialismo liderado pelas barras e estrelas democratizadoras". / EFE

Mais conteúdo sobre:
Síria Rússia Vladimir Putin Bashar Assad

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.