Sítio arqueológico encontrado em obra olímpica

Arqueólogos encontraram, esta quinta-feira, ruínas de cerca de 2,5 mil anos de idade no local onde está sendo construído o complexo de esportes aquáticos da próxima Olimpíada, na cidade grega de Atenas. Segundo os organizadores dos Jogos, a descoberta não impede a construção da raia para a competição de remo na localidade de Skinias. Os achados foram identificados como sendo restos de um muro antigo. Os pesquisadores acreditam que as ruínas pertencem a edificações da mesma época de uma tumba clássica do século V a.C., encontrada em junho último, perto do pátio de obras. A nova descoberta aquece uma polêmica entre os organizadores dos Jogos e grupos de arqueólogos e ambientalistas. ONGs locais afirmam que Skinias não é o local mais apropriado para a construção do complexo olímpico. O Ministério da Cultura grego afirma que precisa de mais tempo para avaliar as descobertas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.