Situação lidera apuração parcial na Ossétia do Sul

O resultado parcial da eleição parlamentar realizada na Ossétia do Sul, região separatista da Geórgia, mostrA que a maior parte dos votos apurados foi direcionada a um dos partidos alinhados a Eduard Kokoity, líder da região apoiado pela Rússia. Com aproximadamente 8% dos resultados apurados, o partido da Unidade, de Kokoity, recebeu 59% dos votos, segundo comunicado do governo, seguido pelo Partido Popular, com 20%, e pelo partido Comunistas, com aproximadamente 15%.

AE-AP, Agencia Estado

31 de maio de 2009 | 21h03

Esta foi a primeira eleição realizada na Ossétia do Sul desde a guerra ocorrida em meados do ano passado entre a Rússia e a Geórgia. A Rússia derrotou os militares georgianos e reconheceu a Ossétia do Sul como um país independente.

A oposição afirma que Kokoity, de 44 anos, busca uma vitória arrasadora do partido da Unidade para minimizar a resistência parlamentar a mudanças constitucionais que o permitiriam concorrer a um terceiro mandato em 2011.

A porta-voz do governo, Irina Gagloyeva, refuta a acusação, afirmando que o próprio Kokoity teria dito que não tentará concorrer a um terceiro mandato. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Ossétia do Suleleição parlamentar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.