Situação na Síria é 'inaceitável', diz Ban Ki-moon

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta terça-feira que a condição da Síria é "inaceitável" e apelou para que o Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas se reúna para discutir o assunto. "A situação na Síria tornou-se inaceitável e intolerável", disse o secretário-geral em Bogor, na Indonésia, onde discursou para soldados do país que trabalham para a ONU.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agência Estado

20 de março de 2012 | 03h57

Os comentários de Ban Ki-moon ocorrem antes de uma reunião do Conselho de Segurança marcada para esta terça-feira com o objetivo de discutir possíveis "medidas adicionais" do CS caso o presidente Bashar al-Assad não cumpra o plano de paz proposto pela ONU. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Ban Ki-moonSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.