Situação na Ucrânia é desastrosa, diz embaixador russo

O embaixador da Rússia na ONU, Vitaly Churkin, disse em reunião emergencial do Conselho de Segurança que "a situação no leste da Ucrânia, particularmente em Luhansk e em Donetsk, é desastrosa". Ele acusou o Exército ucraniano de ataques indiscriminados.

Estadão Conteúdo

05 de agosto de 2014 | 20h45

Foi Churkin quem pediu a reunião emergencial. Ele afirmou que a Rússia quer enviar um comboio de ajuda humanitária para a região, sob os cuidados da Cruz Vermelha.

Para o diretor da ONU para operações humanitárias, John Ging, a crise na Ucrânia está piorando gradativamente, o que tem afetado o fornecimento de água e energia, destruído casas e afastado médicos e enfermeiros.

Ging disse que sem uma solução política a violência na região, especialmente nas áreas urbanas, vai colocar mais pessoas em risco e levar a um "aumento no número de mortos". "Uma ação imediata é necessária para evitar que isso ocorra", afirmou. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
UCRÂNIAVIOLÊNCIAONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.