Snowden continuará em aeroporto 'por enquanto'

O Serviço Federal de Migração da Rússia deu ao ex-agente da CIA Edward Snowden um documento especial que lhe permite sair da área de trânsito do aeroporto de Moscou, segundo a agência de notícias RIA Novosti, mas um advogado do norte-americano disse que ele permanecerá no local por enquanto.

AE, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 13h01

O órgão não emitiu nenhuma declaração sobre a situação nesta quarta-feira, mas, segundo a agência de notícias Interfax, uma fonte não identificada disse que Snowden poderia deixar o aeroporto de Sheremetyevo dentro de "algumas horas".

Pouco depois, no entanto, o advogado Anatoly Kucherena disse que Snowden permanecerá na área de trânsito do aeroporto enquanto as autoridades russas analisam seu pedido de asilo temporário.

Snowden pediu asilo a Rússia depois de se encontrar com ativistas de direitos humanos e advogados no aeroporto há duas semanas. Foi a segunda vez que ele fez a solicitação.

Snowden retirou seu pedido inicial de asilo no início deste mês depois de o presidente Vladimir Putin afirmar que ele deveria interromper as atividades consideradas prejudiciais aos interesses dos EUA.

O ex-agente norte-americano admitiu ter vazado informações sobre programas de vigilância dos EUA. Ele foi formalmente acusado pelos EUA de divulgação não autorizada de informações secretas e roubo de bens do governo. Fonte: Dow Jones Newswires e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaSnowden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.