Snowden nega conversa com pai e advogado, diz site

O delator de programas secretos dos EUA Edward Snowden disse que não conversou de "nenhuma maneira" com seu pai, nem com o advogado dele, de acordo com um comunicado publicado na sexta-feira pelo site de notícias Huffington Post.

Agência Estado

16 Agosto 2013 | 11h25

"Eu gostaria de corrigir um registro: eu tenho a sorte de ter assessoria jurídica de uma equipe internacional de alguns dos melhores advogados do mundo, e trabalhar com jornalistas, cuja integridade e coragem são inquestionáveis", disse Snowden em uma declaração ao Huffington Post. "Meu pai, seu advogado Bruce Fein e sua esposa Mattie Fein não me representam de maneira nenhuma", acrescentou.

De acordo com o site de notícias, Snowden disse que emitiu o comunicado porque "veio ao meu conhecimento que as organizações de notícias que procuram informações sobre a minha situação atual tem, devido à dificuldade em me contactar diretamente, sido enganadas por indivíduos associados com o meu pai para publicar afirmações falsas sobre a minha situação".

Snowden recebeu asilo na Rússia em 1º de agosto, após passar mais de cinco semanas no aeroporto de Moscou para evitar uma extradição aos EUA.

Os EUA desejam prendê-lo por acusações de espionagem ligadas a revelações para a imprensa sobre detalhes secretos dos programas de espionagem americanos.

Ontem, o advogado russo de Snowden Anatoly Kucherena disse que ele e seu pai Lon tinha conversado recentemente pela Internet. Lon Snowden obteve um visto russo e deverá visitar o filho em breve.

"Essa decisão (de contactar Edward Snowden) foi tomada por Lon Snowden independentemente, ao contrário da recomendação de seus advogados", disse Kucherena, segundo a agência de notícias RIA Novosti. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
EUA Snowden

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.