Efe
Efe

Snowden recebe permissão para deixar aeroporto de Moscou, diz agência russa

Informante que revelou espionagem americana está há um mês em zona de trânsito do terminal

O Estado de S. Paulo,

24 de julho de 2013 | 09h49

(Atualizada às 12h25) MOSCOU - O ex-técnico da CIA Edward Snowden, responsável por vazar para a imprensa a existência de programas de espionagem em escala mundial do governo americano, recebeu nesta quarta-feira, 24, os documentos necessários para deixar a zona de trânsito do Aeroporto de Moscou, onde está há quase um mês, informou a agência estatal russa RIA Novosti.  Horas mais tarde, o advogado de Snowden Anatoli Kucherena desmentiu a informação e disse que seu cliente ainda espera os documentos. O representante do americano, no entanto, disse que seu cliente pretende viver na Rússia assim que conseguir o visto.

Snowden, que chegou a Moscou proveniente de Hong Kong,  requisitou asilo temporário na Rússia na semana passada. Segundo a RIA Novosti, a informação foi confirmada por um funcionário do serviço de imigração  russo que não quis se identificar.

"Neste momento, o americano está se preparando para sair. Vão trazer roupas novas para ele. O documento lhe será entregue pelo advogado Anatoli Kucherena", disse a fonte citada pela RIA Novosti.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse, também na semana passada, que Snowden poderia ficar na Rússia apenas se ele parasse de divulgar detalhes dos programas de espionagem americano. O ex-técnico da CIA teve ofertas asilo diplomático de três países latino-americanos - Venezuela, Bolívia e Nicarágua - mas não tinha como deixar o aeroporto e receber os documentos necessários nas embaixadas desses países em Moscou. / AP, EFE e REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Edward SnowdenCIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.