Sob pressão, presidente do Kosovo renuncia

BÁLCÃS

, O Estado de S.Paulo

31 Março 2011 | 00h00

O presidente do Kosovo, Behgjet Pacolli, renunciou ontem depois que uma corte decidiu que a sua eleição pelo Parlamento, há um mês, não foi constitucional. No entanto, segundo um assessor, Pacolli concorrerá de novo à presidência. "O presidente da República de Kosovo, Behgjet Pacolli, está pronto para respeitar a decisão (da corte)", disse o principal assessor de Pacolli, Ibrahim Gashi. "Pacolli será o candidato dos parceiros da coalizão na nova eleição de um novo presidente, pois ele não violou a Constituição."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.