Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sob temor de protestos, Indonésia proíbe conferência gay

Encontro reuniria mais de cem ativistas asiáticos para discutir direitos de gays e lésbicas na região.

BBC Brasil, BBC

24 de março de 2010 | 19h00

A polícia da Indonésia ordenou nesta quarta-feira o cancelamento de um encontro continental de gays e lésbicas que aconteceria no fim de semana na Ilha de Java, alegando que o evento poderia provocar protestos violentos de grupos muçulmanos conservadores.

Mais de cem representantes da Associação Internacional de Gays e Lésbicas, de 16 países asiáticos, pretendiam se reunir na cidade de Surabaya a partir desta sexta-feira para discutir os direitos de homossexuais na região.

O homossexualismo não é ilegal na maior parte da Indonésia, o país com a maior população muçulmana do mundo, mas é proibido pela lei islâmica, defendida por alguns grupos conservadores.

Os organizadores do encontro dizem que haviam recebido a permissão da polícia de Surabaya para realizar o evento e que discutem agora se cancelam a reunião ou a realizam de maneira clandestina.

Protestos

Uma porta-voz da polícia de Surabaya disse à BBC que as autoridades não tiveram outra opção a não ser proibir o encontro após fortes protestos populares.

Ela diz que a polícia teme grandes manifestações antigays se o encontro for realizado.

Apesar de a maioria da população indonésia ser muçulmana, a Constituição do país é secular e a lei local não proíbe as relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo.

Apesar disso, a província de Aceh, no oeste do país, onde há uma grande concentração de muçulmanos radicais, recebeu uma permissão especial para adotar a sharia, a lei islâmica.

A província adotou no ano passado uma lei que pune atos de homossexualismo com 100 chibatadas ou oito anos de prisão.

Um dos temas da reunião deste fim de semana seria justamente o temor dos ativistas gays e lésbicas da Indonésia de que esse tipo de lei se espalhe pelo país.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.