Sobe a 57 número de mortos em atentado suicida no Paquistão

Ataque foi contra uma mesquita cheia de fiéis e ocorreu na sexta-feira; ao menos 170 feridos

Efe,

28 de março de 2009 | 05h06

O número de mortos no atentado suicida de sexta-feira, 27, em uma mesquita cheia de fiéis em Khyber, em uma região tribal do Paquistão fronteiriça com o Afeganistão, já chega a 57, como informou neste sábado, 28, uma fonte oficial.

 

O chefe dessa região tribal, Tariq Hayat Khan, citado pelo canal Geo TV, explicou que outras 170 pessoas ficaram feridas como consequência da poderosa explosão, que aconteceu em um templo da região de Bagiari, em Jamrud.

 

No momento do ataque, quase 300 fiéis sunitas estavam no interior da mesquita para a tradicional oração de sexta-feira.

 

Fontes dos serviços de inteligência do Paquistão, citadas pela imprensa local, cifram o número de mortos em mais de 70.

 

As autoridades paquistanesas ordenaram a criação de um comitê de investigação para esclarecer as circunstâncias do ataque, que ocorreu perto de um posto de controle das forças de segurança.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoatentadoataque terrorista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.