Sobe número de mortos em avalanche na Turquia

A avalanche que soterrou hoje um grupo de turistas turcos no monte Zingana, em Gumushane, na Turquia, provocou a morte de 10 pessoas, de acordo com novas informações. Pela manhã, o governador da província, Enver Salihoglu, havia informado que no mínimo seis pessoas tinham morrido no acidente. O grupo foi arrastado por mais de 500 metros (1.640 pies), até o vale. Os membros de um clube de esqui e montanhismo participavam de uma celebração anual de esportes de inverno no monte Zigana, de 2.200 metros de altura (7.200 pés). Eles caminhavam em fila indiana quando a avalanche os cobriu. "Quando vimos o que estava acontecendo não havia como escapar. A neve nos cobriu e nos arrastou", disse Kasim Keles, de 61 anos. "A neve me arrastou até o vale", disse Keles. "Minha mão direita ficou pressa atrás de mim. Com a esquerda consegui limpar meu rosto. Comecei então a respirar e pedir ajuda", informou. Ele disse que foi salvo por um de seus companheiros, que conseguiu escapar ileso da avalanche e começou a remover a neve cavando com as mãos.Faruk Ozak, ministro turco de Obras Públicas e Habitação, quevisitou o lugar, disse que outros membros da excursão foram feridos, mas cinco conseguiram escapar. Segundo relatos da imprensa local, outro grupo de 15 turistas que realizava um passeio nos arredores não foi atingido pela avalanche.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.