Sobe número de voos internacionais cancelados em SP

O número de voos internacionais programados para hoje no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, que foram cancelados devido a problemas verificados em aeroportos da Europa subiu para 23 nesta tarde. Segundo informações da assessoria de imprensa da Infraero em Cumbica, 12 partidas e 11 chegadas programadas para o dia de hoje foram canceladas até as 15h30.

TATIANA FREITAS, Agência Estado

17 de abril de 2010 | 16h56

Os voos que deveriam partir de Guarulhos hoje com destino à Europa e que foram cancelados tinham como destino Paris (4 voos), Frankfurt (2), Londres (2), Amsterdã (1), Munique (1), Zurique (1) e Milão (1). As chegadas canceladas tinham como origem aeroportos de Paris (4 voos), Frankfurt (2), Londres (2), Amsterdã (1), Munique (1) e Buenos Aires (1) - este último voo, operado pela British Airways, partiria de Londres e faria uma conexão na capital argentina.

Vários aeroportos europeus estão fechados devido à fumaça que se espalha pelo continente, em razão da erupção do vulcão Eyjafjallajokull, na Islândia. As cinzas prejudicam a visibilidade.

Boletim da Infraero disponível no site do órgão da internet, atualizado às 16 horas, mostra que apenas um voo internacional foi cancelado no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão) e outro no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre.

A Infraero recomenda que passageiros com voos para a Europa programados para hoje entrem em contato com as companhias aéreas para obter informações sobre as partidas e novos agendamentos, caso seja necessário.

Voos domésticos - Entre os 1.258 voos domésticos agendados para hoje, a Infraero registrou 63 cancelamentos, o equivalente a 5% do total, até as 16 horas. No Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, foram 14 cancelamentos, ou 10% das partidas programadas. No Aeroporto Santos Dumont, no Rio, a Infraero contabilizou nove cancelamentos, o que corresponde a 11% do total de agendamentos.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcãoIslândiaEuropavoos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.