Rodrigo Pardo/EFE
Rodrigo Pardo/EFE

Sobe para 109 o nº de mortos por erupção de vulcão na Guatemala

Mais 10 corpos foram encontrados nesta quinta; trabalhos de resgate foram suspensos por causa do mau tempo

O Estado de S.Paulo

07 Junho 2018 | 23h21

CIDADE DE GUATEMALA - O número de mortos pela erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala, no domingo, 3, subiu nesta quinta-feira, 7, para 109, após outros 10 corpos terem sido encontrados, informou o Instituto Nacional de Ciências Forenses do país centro-americano (Inacif).

+++ Com buscas suspensas, guatemaltecos se arriscam para resgatar corpos de parentes

O porta-voz da Coordenação Nacional para a Redução de Desastres (Conred), David de León, disse que os trabalhos de resgate foram suspensos por causa das más condições meteorológicas na região.

+++ Guatemala tem dificuldade para identificar vítimas do Vulcão de Fogo, que registra nova atividade

O Inacif também informou que conseguiu identificar os corpos de mais duas pessoas - uma criança, de 8 anos, e uma mulher, ainda sem a idade determinada. Além deles, já haviam sido 28 corpos identificados.

+++ As erupções vulcânicas mais mortíferas dos últimos 25 anos

Segundo o órgão, mais de 100 pessoas solicitaram a realização de exames de sangue para facilitar o trabalho dos legistas e 225 foram ao Inacif em busca de desaparecidos após a erupção do vulcão.

A forte erupção do último domingo e a constante atividade vulcânica afetaram 1,7 milhão de pessoas, deixou 12,4 mil desabrigados, 197 desaparecidas e 58 feridas. /EFE

Mais conteúdo sobre:
vulcão Guatemala [América Central]

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.