Sobe para 11 militares brasileiros mortos no Haiti

O Centro de Comunicação do Exército confirmou no começo desta tarde a morte de mais sete militares após o terremoto que atingiu o Haiti ontem. Agora chega a 11 os militares brasileiros mortos pelo terremoto de magnitude 7 na escala Richter, além da médica Zilda Arns. Nove militares ficaram feridos e sete estão desaparecidos.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 13h48

Estão desaparecidos quatro militares que estavam no Quartel da Minustah (Hotel Cristopher) e mais três podem estar sob escombros próximo ao bairro Cite Soleil. Há sete feridos em atendimento no Hospital Argentino da Minustah e dois outros militares foram levados para a República Dominicana.

Segue a lista com os nomes dos militares mortos:

1º Tenente BRUNO RIBEIRO MÁRIO;

2º Sargento DAVI RAMOS DE LIMA;

2º Sargento LEONARDO DE CASTRO CARVALHO;

Cabo DOUGLAS PEDROTTI NECKEL;

Cabo WASHINGTON LUIS DE SOUZA SERAPHIN

Soldado TIAGO ANAYA DETIMERMANI; e

Soldado ANTONIO JOSÉ ANACLETO, todos do 5º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lorena.

Cabo ARÍ DIRCEU FERNANDES JÚNIOR e

Soldado KLEBER DA SILVA SANTOS; ambos do 2º Batalhão de Infantaria Leve de Santos-SP.

Subtenente RANIEL BATISTA DE CAMARGOS, do 37º Batalhão de Infantaria Leve, sediado em Lins.

Coronel EMILIO CARLOS TORRES DOS SANTOS, do Gabinete do Comandante do Exército, sediado em Brasília-DF, da Minustah.

Tudo o que sabemos sobre:
Haititerremotomortosbrasileiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.