Sobe para 15 os mortos em ataque de Israel a ONU em Gaza

Segundo setor de saúde de Gaza, pelo menos 150 pessoas ficaram feridas

Agência Estado

24 de julho de 2014 | 11h22

Funcionários da área da saúde da Faixa de Gaza disseram que o número de mortos de um ataque israelense a um complexo que abriga uma escola da Organização das Nações Unidas (ONU) no norte do território costeiro subiu para pelo menos 15.

Ashraf al-Kidra, que trabalha no setor de saúde de Gaza, disse que as 15 vítimas fatais estavam entre as centenas de pessoas que buscaram abrigo na escola de Beit Hanoun por causa dos pesados confrontos na região. Pelo menos 150 pessoas ficaram feridas.

Esta foi a quarta vez que uma instalação da ONU foi atingida durante confronto entre Israel e militantes palestinos no território costeiro, que é controlado pelo grupo militante Hamas, mas foi a primeira na qual houve vítimas.

A agência de refugiados da ONU para refugiados palestinos, a UNRWA, disse que encontrou foguetes militantes no interior de duas escolas vazias. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelGazaONUmortesaumento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.