Sobe para 152 total de mortos em incêndio na Rússia

Subiu para 152 o número de mortos no incêndio de três semanas atrás em uma casa noturna de Perm, na região dos Montes Urais, informaram autoridades russas nesta sexta-feira. O braço local do Ministério de Situações Emergenciais da Rússia informou que duas mulheres não resistiram aos ferimentos e morreram ontem. No comunicado, divulgado hoje, o governo informa ainda que 74 pessoas continuam hospitalizadas.

AE-AP, Agencia Estado

25 de dezembro de 2009 | 17h35

O incêndio na casa noturna ocorreu na madrugada de 5 de dezembro. A tragédia desenrolou-se durante uma apresentação pirotécnica no interior da casa. O teto do estabelecimento incendiou-se e as chamas espalharam-se rapidamente enquanto centenas de pessoas tentavam escapar pela única saída disponível. Cinco pessoas estão detidas, entre elas o proprietário da casa noturna. O incêndio foi o mais grave ocorrido na Rússia desde o colapso da União Soviética, há quase 20 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaincêndiovítimas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.