Sobe para 16 o número de mortos na Argentina

Pelo menos 16 pessoas morreram na Argentina durante os violentos saques e incidentes que aconteceram desde ontem à noite, segundo o jornal Clarín citando fontes policiais. Somente na província de Buenos Aires, a maior do país, foram registrados oito mortos.A maioria dos mortos eram jovens com idade inferior a 25 anos. Três adolescentes, dois de 15 e outro de 14 anos foram assassinados durante saques a um supermercados. Um de 23 anos foi morto com um tiro na cabeça enquanto saqueava um supermercado em Quilmes. Em Don Orione, outros dois jovens, de 19 e 21 anos foram baleados ao tentar invadir um supermercado.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.