Sobe para 181 total de mortes em incêndios na Austrália

O número oficial de mortos na tragédia resultante dos piores incêndios florestais da história da Austrália subiu para 181 com a descoberta de mais corpos. Contudo, o número deve aumentar. Segundo o primeiro-ministro do Estado australiano de Victoria, John Brumby, o instituto local de medicina legal identificou mais 50 corpos que ainda não entraram na contagem formal. "Este número é significativo. O número de mortes passará de 200", lamentou o chefe de governo regional.Suspeitas de que pelo menos parte dos cerca de 400 focos de incêndio teve origem criminosa levaram a polícia a declarar algumas cidades devastadas como "cenas de crime". Hoje, funcionários locais defenderam os preparativos e as ações tomadas durante os incêndios que devastaram parte do sudeste da Austrália no decorrer do último fim de semana. De acordo com eles, as condições climáticas eram tão extremas que era praticamente impossível evitar algum grau de catástrofe. No entanto, eles concordaram que algumas regras teriam de ser revistas para impedir que um desastre desse porte se repita, entre elas a que permite aos moradores decidirem se devem ou não deixar suas residências mesmo em situações de alto risco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.