Sobe para 19 número de mortos da ONU na Nigéria

Subiu neste sábado para 19 o número de mortos do atentado com carro-bomba sofrido ontem pela sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Abuja, capital da Nigéria. A explosão deixou ainda mais de 60 feridos.

AE-AP, Agência Estado

27 de agosto de 2011 | 12h06

O presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, visitou hoje o local do atentado e prometeu combater o terrorismo e o insurgente islâmico radical que reivindicou a autoria do atentado, Boko Haram.

Haram, que tem supostos laços com a organização fundamentalista Al-Qaeda, defende a adoção na Nigéria de uma rígida versão da lei da Sharia, ou lei islâmica, e se opõe com veemência à educação e cultura do Ocidente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUatentadoNigéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.