Sobe para 19 o número de mortos por tornados na Flórida

O governador da Flórida, Charlie Crist, declarou nesta sexta-feira estado de emergência em vários condados atingidos por tornados, os quais mataram pelo menos 19 pessoas, destruíram cerca de 1.600 casas e deixaram aproximadamente 20 mil habitantes sem energia elétrica.Os condados em estado de emergência são os de Seminole, Sumter, Lake e Volusia, no centro do estado, que enfrentaram ventos superiores a 100 km/h, além de chuvas torrenciais.A ordem emitida por Crist permite coordenar todas as operações de evacuação, ativar planos de emergência com as agências locais, estaduais e federais, e abrir refúgios para as pessoas prejudicadas.Treze mortes foram registradas em Lake Mack e Paisley. Outras seis pessoas perderam a vida em Lady Lake, informaram as autoridades, que disseram que entre as vítimas há uma criança de 7 anos e um adolescente de 17."Estamos fazendo tudo para prestar assistência às pessoas. Temos equipes de busca e resgate que estão fazendo tudo que podem para encontrar as pessoas que ainda estão sob os escombros", disse Crist em entrevista coletiva.O governador da Flórida visitará na tarde deste sábado a região devastada e se reunirá com as equipes de resgate. Ele pediu ao presidente George W. Bush que decrete o estado como zona de desastre.Crist observou que muitas comunidades dos condados afetados haviam sofrido graves prejuízos durante as temporadas de furacões de 2004 e 2005."Estou profundamente preocupado com essas comunidades. Nas áreas afetadas há muitas pessoas com necessidades especiais e da terceira idade, com uma grande necessidade de ajuda", disse o governador.Os tornados arrasaram comunidades de trailers durante a madrugada, enquanto os moradores dormiam, e por isso muitas pessoas morreram em suas camas.Imagens mostraram casas transformadas em ferro velho, árvores derrubadas, ao mesmo tempo em que os desabrigados eram transferidos para vários refúgios abertos.Christie Mysinge, porta-voz da Polícia de Lake, declarou que os trailers "foram severamente danificados e as casas também sofreram muitos danos estruturais".No condado de Volusia, os tornados deixaram pelo menos dez feridos, que foram transferidos para hospitais da região. As escolas estão fechadas, os caminhos obstruídos pelos escombros e foi informado que as linhas telefônicas não funcionam em muitos lugares.De acordo com as autoridades, no condado de Lake, um dos mais afetados, não existe sistema de alarme para advertir os residentes quando tornados se aproximam da área.No entanto, na noite da quinta-feira os centros de meteorologia da Flórida alertaram que fortes tempestades chegariam à região e emitiram um alerta de tornados.Nessa área há dezenas de casas atingidas, assim como lojas e igrejas. As autoridades acreditam que a devastação pode ser similar à registrada nos furacões de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.